domingo, 5 de junho de 2011

Trânsito

Características dos movimentos:
Relatividade do movimento
Muitas situações do dia-a-dia permitem concluir que o estado de repouso e de movimento de um corpo é sempre relativo, ou seja, depende do referencial em relação ao qual estamos a considerar posições.
Para descrever o movimento de um corpo é necessário conhecer duas variáveis: a posição e o tempo. Esta informação permite construir um gráfico posição-tempo, que representa as posições do corpo à medida que o tempo decorre, considerando-se:
- origem dos tempos, o instante a partir do qual se começa a contar o tempo;
- origem das posições, o ponto em relação ao qual se medem as posições, fazendo-se-lhe corresponder a coordenada zero.

Distância percorrida e deslocamento
Chama-se distância percorrida ao comprimento da trajectória descrita por um corpo em movimento; é uma grandeza escalar.
O deslocamento é uma grandeza vectorial. O seu valor indica a distância, medida em linha recta, entre as posições inicial e fim do corpo em movimento. O sentido do deslocamento é da posição inicial para a posição final.
A unidade SI de uma distância percorrida e de valor de deslocamento é o metro. A velocidade é uma grandeza vectorial que nos indica a rapidez do movimento em cada instante e, ainda, a direcção e o sentido em que o movimento se realiza.
O vector velocidade tem sempre o sentido do movimento e a direcção é:
- igual à da trajectória, se é rectilínea;
- tangente à trajectória, quando é curvilínea.

A unidade SI do valor da velocidade chama-se metro por segundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário